Sustentabilidade no setor farmacêutico: como fazer?

Sustentabilidade no setor farmacêutico

Mais do que uma tendência, antes de mais nada o setor farmacêutico deve investir em tecnologias e políticas de sustentabilidade. Um estudo publicado no Journal of Cleaner Production revelou que a emissão de carbono da indústria farmacêutica global é enorme, sendo 55% maior que a indústria automotiva.

Segundo levantamento feito pelo Google Trends, a pedido do jornal Valor Econômico, as buscas pelo termo ESG aumentaram 150% nos últimos 12 meses, até fevereiro de 2022. Coincidência? Acho que não. Decerto, isso mostra que o interesse por práticas sustentáveis está amadurecendo.

E no setor farmacêutico já é possível aplicar processos mais alinhados com a sustentabilidade. Quer saber como? Acompanhe o artigo até o fim.

Leia também: Tudo o que precisa saber sobre personalização do rótulo para remédios manipulados.

Saiba o que é Sustentabilidade ou ESG?

Em resumo, o ESG significa responsabilidade socioambiental, reputação e credibilidade para as empresas. Ou seja, é quando a estrutura do negócio tem incorporado, tanto em sua política quanto na produção, princípios que respeitam o meio ambiente, a sociedade e toda a cadeia que envolve a organização.

Dessa maneira, as empresas reduzem os impactos negativos que causam na sociedade, ao passo que evidenciam os retornos positivos que são capazes de produzir. Tais como: consumo consciente, geração de emprego verde e conservação ambiental.

Mais sustentabilidade no setor farmacêutico

Agora, quando analisamos o cenário da sustentabilidade no ramo farmacêutico, sabemos que existem algumas tecnologias e recursos que viabilizam tais transformações. Vamos conhecer as principais?

Descarte de resíduos perigosos

Reduzir a contaminação ambiental com os resíduos perigosos é o grande desafio da indústria. Dados de um estudo feito pela Universidade de York, no Reino Unido, apontam que mais de um quarto dos rios de todo o mundo estão poluídos por produtos farmacêuticos.

Por isso, repensar a destinação correta dos resíduos é uma necessidade urgente de todo o setor. Além disso, fazer o descarte de modo adequado pode beneficiar outras áreas.

Um bom exemplo é o coprocessamento. Trata-se da queima de resíduos sólidos e pastosos – produzidos inicialmente pelas farmacêuticas – para que sejam usados como combustível nos fornos das indústrias responsáveis por fabricar cimento.

Além de adequada, é uma técnica segura, que minimiza o uso de mais recursos no sistema de produção.

Logística reversa

Uma das diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que organiza a maneira com a qual o Brasil lida com o lixo, tem como finalidade garantir que os materiais retornem à fábrica, seja para reutilização ou descarte correto.

Diante disso, é necessário disponibilizar pontos de coleta, em farmácias – por exemplo -, para que as pessoas descartem os medicamentos, estejam eles vencidos ou em desuso, bem como as suas respectivas embalagens.

Uma prática feita no setor de eletrônicos, e que tem condições de ser aplicada na indústria farmacêutica para que a logística reversa seja ainda mais eficiente, é um dos carros-chefes oferecidos pelo SINCTRONICS™, o primeiro ecossistema integrado de soluções sustentáveis voltado para o mercado de eletroeletrônicos.

Eles são responsáveis pelo sistema completo de logística reversa dos produtos eletrônicos. Além disso, também trabalham com tecnologias avançadas para separação, processamento e reciclagem de qualquer equipamento eletroeletrônico ao fim da sua vida útil.

E como aplicar isso para produtos farmacêuticos? Bom, uma solução simples seria inserir uma ou mais tecnologias aplicadas a embalagens que possibilitem o consumidor obter mais informações ao direcionar a câmera do celular para a embalagem em questão. Feito isso, ele poderá, por exemplo, acessar uma webpage, webapp ou baixar um aplicativo que, por meio de vídeos, pop-ups, mapas de geolocalização, entre outras formas, o informe maneiras e passo a passo para retornar as embalagens para o processo de reciclagem.

Desse modo, o cliente é engajado a fazer a parte dele e dar continuidade às iniciativas de sustentabilidade.

Embalagens inteligentes

O conceito de Smart Packaging possibilita unir tecnologia e inovação em diversas etapas do processo de produção. Um exemplo é a produção de uma embalagem sustentável a partir de resíduos de outras cadeias. Para isso, é necessário que o substrato utilizado passe pelos processos que o torne adequado para o devido fim.

Outro ponto interessante e muito alinhado aos dias atuais, é que uma embalagem inteligente carrega mais do que um rótulo. Ela entrega uma experiência de consumo com muita interatividade e informação.

Uma vez que, por meio de um QR Code impresso no rótulo, a pessoa terá acesso a todas as orientações relacionadas ao tratamento com aquele medicamento. Ainda, tem as recomendações de como fazer o descarte correto ao final do uso.

O que traz para as farmacêuticas um diferencial competitivo que além de solucionar problemas, cria um canal de comunicação com seu público para que todos façam o consumo consciente e responsável das medicações prescritas.

Inegavelmente é cada vez maior a gama de soluções para que as empresas do setor farmacêutico incorporem práticas de sustentabilidade na cadeia de produção.

E como vimos, as indústrias de fármacos precisam adotar tais medidas visando reduzir, efetivamente, os impactos que causam tanto à sociedade quanto ao meio ambiente. Não se trata apenas de seguir tendências, mas de ter responsabilidade ambiental, empresarial e social.

Sobre o SINCPRESS

O SINCPRESS conta com especialistas capacitados para identificar quais soluções estão alinhadas às necessidades do seu negócio. Combinamos as tecnologias mais avançadas e os conceitos de sustentabilidade para embalagens. Além de auxiliar em todo o processo de serialização e rastreio dos produtos produzidos.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a nossa equipe e entenda como funciona a consultoria especializada sobre Smart Packaging. Descubra também como potencializar sua operação e destacar o seu negócio no setor farmacêutico.